Marca M - Mafra tem uma Marca!

 

A Câmara Municipal de Mafra apresentou a marca que dinamiza todo o Concelho: aproveita as potencialidades do seu território versátil e canaliza-as para reconhecimento nacional e internacional, para o aumento do investimento empresarial e para o reforço do turismo.

A comunicação é uma ferramenta na promoção do desenvolvimento interno e da afirmação externa. Por isso, o Concelho de Mafra passa a ter uma marca, que ultrapassa a simples divulgação do território e está ao serviço da promoção dos produtos e dos serviços das empresas e das instituições.

A identidade visual da marca surge representada pela letra M. M é a primeira letra de Mafra. M é igualmente a primeira letra do cognome do monarca que maior impacto causou no desenvolvimento deste Concelho, D. João V – O Magnânimo, que aqui ergueu o mais espectacular palácio português, fonte de inspiração do “Memorial do Convento”, de José Saramago. M que é, também, de Monumental, Musical, Militar, Marítima, Moderna.

Contudo, evidenciando a diversidade do território concelhio, a representação visual da marca multiplica-se e desmultiplica-se, sem perder a identidade que a caracteriza. Pode mudar o fundo, a cor ou assumir a imagem dos principais pontos de interesse.

No seguimento de uma narrativa que se apega ao orgulho histórico-cultural que originou a criação do M da marca, é importante realçar também o orgulho nas valências naturais do Concelho, designadamente na sua costa marítima, associada à Ericeira, que reforçou a projecção internacional com a atribuição do galardão “Reserva Mundial de Surf” – um território específico que alia as condições naturais às características culturais diferenciadas. Assim, sendo parte da mesma marca M e a partir da mesma representação visual polivalente, foi concebido o E.

Tendo a marca um conceito abrangente, ela é propulsora de vários projectos que confirmam a união e a diversidade do Concelho de Mafra. Assim, na sua apresentação, o Presidente da Câmara anunciou que vai ser criado um portal que, para além da informação institucional municipal, assume objectivos estruturantes de dinamização empresarial e projecção turística, sendo a apresentação dos conteúdos moldada consoante o IP de origem do utilizador (internacional, nacional e concelhio).

Em articulação com este portal, vão ser criados os sites “Visit Mafra” e “Visit Ericeira”, concentrando a oferta de alojamento e de restauração do Concelho numa plataforma online para milhões de potenciais visitantes.

Promovendo a fiabilidade para os empreendedores e para os turistas, bem como estimulando a concorrência saudável, o edil anunciou, ainda, a criação de um processo de certificação para os melhores produtos agrícolas, industriais e artesanais, assim como para os melhores serviços turísticos e comerciais. Os selos poderão ser aplicados tanto em suporte fixo como móvel.

Fonte: Câmara Municipal de Mafra